Como ver a Estação Espacial e o Hubble com seus próprios olhos!

Heavens-Above logoUm comentário de Alessandro do blog Castelo Branco deu-me a idéia para este post.

Vou fazer um pequeno roteiro para você poder ver com os próprios olhos a Estação Espacial Internacional e o telescópio espacial Hubble.

E nem precisará de binóculos ou telescópios. É a vista desarmada mesmo.

Primeiro você deve entrar no site Heavens-Above.

Configurando sua localização

Os satélites espaciais artificiais são visíveis quando seus painéis solares refletem a luz do Sol exatamente na sua direção. Para que o site possa calcular quando eles estarão em posição exata é necessário dizer onde você está.

Selecione o seu local de observação, clicando em “select from map” em Configuration:

Pagina Principal

Depois de localizar com a maior precisão possível sua localização, basta escolher o fuso horário (Time zone), escolher um nome para sua localização e salvar. Se você preferir, pode criar um usuário (Create new user account) e salvar estas informações para uso em qualquer computador.

Selecionando uma passagem

Uma vez localizado, o sistema automaticamente calcula as próximas passagens de vários objetos. Clicando em ISS (Estação Espacial Internacional) ou HST (Hubble Space Telescope)em Satéllites uma tela com uma lista das próximas passagens aparecerá:

Próximas Passagens do Hubble em São José dos Campos

As principais informações da tabela são a data (date), a Magnitude (Mag) e os horários de início (Starts) e fim (Ends).

Para usar a tabela, identifique os dias em que as passagens serão no horário mais adequado a você. Nesta tabela, as passagens todas serão durante a madrugada ou manhãzinha. Se isso não for impedimento para você, prossiga. Porém se preferir esperar uma passagem durante a tarde, clique em próximo (next) e veja as passagens para a quinzena seguinte.

Identificando um dia adequado, veja se a Magnitude é interessante. Quanto menor o número, maior o brilho. Qualquer coisa abaixo de 3 é perfeitamente visível sem dificuldade. Abaixo de 1 é perfeito, um grande brilho inconfundível.

Digamos que o dia 27 de janeiro foi o dia escolhido. Clique sobre a data e obtenha um mapa da trajetória do Satélite no Céu:

Tragetória do Hubble no dia 27 de janeiro nos céus de São José dos Campos.

Analisando uma Trajetória

A trajetória é indicada pela linha. E neste caso, o objeto (Hubble no site identificado como HST) aparecerá na constelação Vela, e seguirá para o Oeste passando sobre o Cruzeiro do Sul (Crux), depois pelo Centauro (Centaurus), o Lobo (Lupus), e por fim o Escorpião (Scorpius). Neste caso é fácil de achar: tanto o Cruzeiro do Sul como o Escorpião são quase impossíveis de confundir, mesmo quando se é pouco familiarizado com as estrelas.

Na tabela abaixo do mapa, tem os horários exatos da aparição. Neste caso o objeto aparecerá 4:52, oito para as cinco da madrugada na altitude 59 graus. Foi por este valor que eu descobri que a linha começa no meio do céu, e não nas bordas. O horizonte é altitude zero e o ponto mais alto no céu é 90 graus. O objeto sumirá 4:59 quando passar pelo horizonte. Apenas sete minutos após aparecer. Tome muito cuidado, pois se estiver olhando para o lado errado, já era.

É bom também ajustar seu relógio com o site. Assim você não erra o horário também. Em “Home” clique “What time is it ?” em Micellaneous. Ajuste seu relógio com o “Local”.

O site Heavens-above tem ainda muitos outros recursos:

  • Um mapa completo do céu, com a posição das estrelas a qualquer tempo;
  • Descrição detalhada de cada constelação;
  • Os Cometas visíveis de sua localização. (infelizmente normalmente mostram os visíveis com telescópios e binóculos);
  • Posição relativa dos planetas do Sistema Solar;
  • etc

Qualquer dúvida, deixe um comentário abaixo. Boas visões.

Outros Artigos:

47 comentários para “Como ver a Estação Espacial e o Hubble com seus próprios olhos!”

  1. Alessandro disse:

    Seguindo coretamente esses passos realmente é possivel visualizar estes dois pontos, a “estação espacial”e o “satelete Hubble”; em um comentário anterior, declarei ter visualizado objetos no céu só que não tinha idéia do que se tratava mais graças a este “post” agora descobri, obrigado ao “tecnoclasta” por este esclarecimento.

  2. AC/DC disse:

    Esses horários são de verão ou não???

  3. […] Como ver a Estação Espacial e o Hubble com seus próprios olhos! – De longe, naturalmente […]

  4. Felipe disse:

    Muito boa a explicação! Nas observações eu sempre acabo vendo muitos satélites, mas nunca lembro de levar alguma folha com as informações do Heavens Above para identificá-los.
    Na próxima vou tentar ver a ISS e o Hubble. :-)

  5. Felipe Barroz disse:

    Ola amigo! Nao sou de ficar fazendo comentario, mas eu queria parabeniza-lo pelo otimo site que voce tem! Continue com esse otimo trabalho!

  6. Miguel Luiz Costa Filho disse:

    Prof. Amo os Céus não entendo nada de ASTRONOMIA mais admiro a criação do nosso Deus. É muito lindo! E também o homem com a sua inteligência dado por Deus. Parabéns Professor!

  7. rubens filho disse:

    comprei um telescopio 4.5 INCH F 1000114 e gostaria muito de visualizar o HUBBEL como faço isto estando eu no R. R. do NORTE. NATAL

    • Rubens,
      Como o Hubble passa muito rápido nos céus, é complicado ver com um telescópio tão grande. O ideal é ver à olho nu, um no máximo com um binóculo, que é bem mais versátil.

      • Rubens filho disse:

        Obrigado professor, já consegui visualizar 12 satelites em minha cidade; no intervalo das 17:50hs às 19:50.
        Sou um dos muitos que ao visualizar estas maravilhas alimento-me de paz. estou tentando adguirir uma lente de 80 e outra de 100 mm; pois agredito que poderei ver saturno e seus anéis. Isto é posivel?
        Feliz 356 e alguns minutos novo!

    • rubens filho disse:

      Obrigado professor por sua resposta; agora voltei a observação a olho nú. pois meu telescópio esta com defeito para a montagem.
      DEUS abencoe o SR.

  8. Thawanny disse:

    Adorei a explicação o hubble e um satelite interessante

  9. Rubens filho disse:

    Posuo agora um simulador OR……..n que tambem me ajuda muito.
    É ótimo..!!!!!

  10. Rubens filho disse:

    Prof. Já os observo a um bom tempo; meu municipio que estalocalizado na L -5 42 20 e Lon -35 18 26; Alt 41.É uma pequena cidade de pouco mais de 37 mil hab. a 22 km da capital Natal, não tendo assim uma poluição visual tão ruim; mas este artigo me ajudou grandemente na observação.
    Muito Obrigado!
    Não sou tão novo, ja tenho esta satisfação a algumas frações de Milionesimos de segundos luz.

    Não me preseitei ao Sr. desculpe-me :
    Sou funcionário publico, 40 anos, e tenho estas curiosidades, desde minha adolecencia; comecei observando as constelações.
    Mas encontrei no (“Z…….. e”) muitas respostas. Após meus 38, estou me arriscando* na Net.
    Trabalho na area de Segurança, vejo nos Satélies a prática da Tec. de Informações.
    atualmente sou estudande de (GTSPP) Tecnologia de Segurança.
    * leia-se : Aprendendo com pessoas assim como o Sr. e vossos Muitos discipulos.

  11. Rubens filho disse:

    Sera que utilizando um: Disco Rigido ; como espelho, séra posivel uma melhor visualização dos Astros, Estrelas, …., etc
    Digo em em Telescópio; uma vez que eles os (D.R), São ótimomos espelhos. GOstaria de ser respondido por alguem do Cosmoforum.

  12. duda disse:

    esse meu trabalho de ciencias ta dificil que doi

  13. Sou astronomo amador, gosto de acompanhar pesquisas científicas e gostaria de receber informações e comentários na área da Astronomia e outras áreas Ciência.

    Obrigado

    Jeremias

  14. Não tenho muito conhecimento técnico e cintífico, porém admiro todos aquele que contribuem para divulgação desta ciência, coso contrário estaríamos usando Gnômos ou outros instrumentos primitivos.

    Jeremias

  15. Sou um curioso em astronomia, faço pequenos cursos na escola de Astrifísica de Ibirapuera São Paulo e cheguei a construir um telescópio no quintal de casa. Se vocês quiserem ver algumas imagens feita por Ele, entre no Site: http://www.astronomojeremias.hd1.com.br e verá que nem tudo é impossível para quem procura.

    Jeremias

  16. cirleide disse:

    Desde o dia 22 de junho de 2011, venho observando no céu algo diferente como se fosse duas estrelas, mas percebo que é alguma coisa inteira, moro em Bom Jesus dos Perdões e gostaria de saber se alguém mais tem visto este fenômeno. Obrigada pela atenção e se puder mate minha curiosidade.

    • Boa Noite !!!

      Cileide fica difícel de responder sua pergunta somente com essas informações, pois quando olhamos para o céu durante a noite, ele está constantemente em movimento aparente: A mesma estrela ou planeta observada por volta das 20:00 Horas em uma posição no céu, estará em outra posição por volta das 23:30 Horas. Este deslocamento e é resultado do movimento diurno da terra (Rotação Dia e Noite durante 24:00 Horas ” Dia Solar”). Por volta das 20:00 Horas, logo acima da direção de nossa cabeça, acompanhando o caminho aparente da lua, caminhanda em direção do pôr do Sol ou da Lua, podemos observar um “Par de estrelas: Uma próxomo da outra”: A estrela com maior brilho meio amarelada de trata do Planeta Saturmo com seus Famosos Anáis. E de Madrugada podemos ver Saturno a mais Brilhante e Marte meio avermelhado. Estas são as informações no momento Jeremias

      • OBS: Uma correção no comentário anterior: De madrugada podemos ver JUPTER e MARTE, Saturno pode ser observado no início da Noite até mais ou menos antes da 23:00 Horas “Hoje Saturno está aparentemente próximo da lua, outro dia é outra coisa”. Jeremias

  17. fabricio disse:

    ola boa noite! gostaria de saber se obeservaçao da iss e outros a noite é a mesma coisa que de dia, qual a diferença.
    valeu
    obrigado

  18. OBS: Quanto a Estação Espacial Internacional ISS, esta consegue ser observada desde o início da noite até algumas horas após o anoitecer ou no início da madrugada até ao amanhecer, devido sua fonte luminosa ser nossa Estrela Sol.
    * Após às 21:00 ou 22: Horas nosso campo de observação celeste está na Zona se sombra da terra, impossibilitando as observações da mesma e de outros satélites artificiais devido suas posições de altidudes serem baixas.
    * Quanto as observações durante o dia se torna praticamente impossível devido a poluição luminosa de nossa Atmosfera, e de outra forma sempre que estamos em locais com intensidades luminosas elevadas, nossos olhos se protegem se contraindo, diminuindo a entrada de Luz dificultando a observação de pequenos detalhes ou pontos luminosos no céu.
    * Em locais com menas intensidades luminosas nossos olhos se dilatam aumentando a entrada de luz, facilitando a observação de pequenos pontos luminosos na imensidão do Espaço Sideral.

    Jeremias

    • Olá Jeremias.
      Só para registrar: a Estação Espacial ISS é perfeitamente visível com o céu ainda bem claro. Eu mesmo já vi mais de uma vez. Basta o Sol estar na posição certa, logo após o por-do-sol.

      • Obrigado Professor pelo reforços nas minhas explicações.
        * É bom saber que outras pessoas se preocupam com as explicações e comentários deste Site.
        * Já faz alguns tempos que está página estava um pouco parada, mas felizmente voltou a movimentar os comentários.
        * teve um dia que observei um objeto muito luminoso ao entardecer e ligguei meu Not Book no Site: “n2yo.com/ no nenu ISS e Observei que era a própria Estação ISS que estava passando no momento.
        * Fiquei muito feliz pois nem sempre é possível ver a Estação passando no Céu e na Tela do computador ao mesmo tempo.
        * Mas para todos aqueles que gostam observar pequenos detalhes, sempre conseguem capturar algo novo.

        Jeremias Domingues da Silva

  19. Márcio disse:

    Boa Noite, hoje dia 03/05/2012 avistei por volta das 15:45hrs ao norte de minha cidade a uma altura de 10hrs um objeto cinza brilante aparentando estar bem distante e permanecendo parado no mesmo lugar por volta de uma hora e depois sumiu.
    Poderia ser a ISS , creio que não pois o objeto estava estático .
    Seria possível observar um satélite geoestacionário a olho nu as 15:45hrs .
    Esta é minha duvida.
    Agradeço desde já pela atenção.
    Márcio

  20. Marcelo Miranda disse:

    Vi um vídeo no Youtube sobre um tarja preto em um ponto especifico no ceu esta coordenada 05 53 23 -5 58 30 e realmente entrei no Google Earth cliquei em vista para o ceu e inseri as coordenadas e realmente o Google esconde algo ali tem ideia do que pode ser.
    Muito bom seu site para quem olha muito para o ceu tambem vai gostar parabens.

  21. * Quanto ao comentário do Márcio do dia 03/05/2012, é bastante curioso.
    * Quanto a Estação Espacial Internacional (ISS), a mesma mantem uma órbita muito baixa a faixa de 350KM de altitude, a uma velocidade média de 27.300 K/H e um deslocamento visual um pouco ascelerado.
    * Como este satélite tem seus painéis solares e sua estrutura um pouco volumoso, seu reflexo solar é bastante visível no início da noite e antes do amanhecer pelo menos uma vez por semana durante alguns minutos.
    * Quanto aos Sátélites Geoestacionários, estes mantem uma órbita um pouco acima, na faixa de 35.800KM de Altitude, impossibilitando sua localização sem equipamentosou instrumentos especiais.
    * Para quem é iniciante e quer aumentar seus conhecimentos em ciências gerais e astronomia ou geofésica, consulte o Site: http://www.apolo11.com e ficará muito satisfeito com as novidades publicadas.

    Jeremias Domingues da Silva

  22. Fantásticas estas visões. São maravilhas e provas reais de uma FORÇA CRIADORA CHAMADA DEUS.
    Muito obrigado, Professor pela dica e orientação. erei mais um divulgador destas maravilhas.

  23. saulo vieira disse:

    Gostaria de saber: 1- quantas vezes por semana é possível avistar a ISS, aqui no Sul do Brasil (Curitiba) ? ; 2- com um binóculo de maior alcance e qualidade é possível ver detalhes da ISS ? ; 3- a ISS transita de oeste para leste ? 4- no seu maior brilho ela pode ser comparada ao brilho de Vênus ? ou de uma estrela de quinta grandeza ?

  24. Saulo Vieira tudo bem? Sua pergunta é bastante curiosa: Segundo os dados da Estação espacial Internacional (ISS ). Ela leva em média 93 minutos para completar uma volta em torno da Terra. Como sua inclinação em relação ao Equador terretre é de 51,6º, dependendo da posição do observador no momento da passagem a posição da òrbita muda de sentido. O sentido da Órbita não muda, a Terra é que está em constante movimento Diúrno no sentido Oeste para o Leste e sua magnitude pode ficar abaixo de zero conforme sua Altitude, posição do Sol e do Observador. Da mesma forma que o sentido da Órbita da Lua é do Oeste para o Leste as vezes confunde um iniciante.
    Existe um Site: http://www.n2yo.com (Real Time Satellite tracking) que mostra em Tempo Real a posição da Estação. Se observar em momentos diferentes observará esta realidade, se não fosse essa inclinação excêntrica, ela passaria sempre no mesmo lugar, impossibilitando sua observação de lugares e países diferentes e Esse não foi o Objetivo da Nasa e outros consórcios envolvidos no projeto.

    Jeremias Domingues da Silva

  25. Maisa disse:

    É possível ver com nitidez o HST mesmo com a poluição visual de uma cidade grande como Curitiba?
    Moro praticamente no centro da cidade e quero tentar observar a olho nu, sem auxílio de binóculos.

    • Perfeitamente possível. Estando o tempo aberto, sem nuvens a visão é possível sim. Eu já vi diversas vezes em São José dos Campos/SP (600 mil habitantes), e pelo enorme brilho é mais fácil que ver que as estrelas mais brilhantes (mesmo mais brilhante que Vênus, em algumas ocasiões)

    • Claudio disse:

      Bem ai onde voçe mora da, mas tambem voce precisca saber a hora que ira pasa no ceu.
      Eu sou um astronomo e moro no rio ja meu pai trabalha como tecnico na Nasa, eu uso um telescopio potente o sufuciente para
      observar as crateras da lua.
      mas nao so uso o telescopio como vejo a olho nu, ate +

  26. saulo disse:

    Obrigado pelas dicas. Sempre viajo para o interior ou para o litoral. Gostaria de conseguir algumas informações sobre datas de ocultações e trânsitos importantes, visíveis no Sul do Brasil.. Também da passagem da Estação Internacional aqui pela nossa região.

  27. Monique de Paula disse:

    Percebi que ninguém citou o Stelarium Portable, um programa bem levinho, que cabe em um pen drive e pode ser encontrado no Baixaki, por exemplo. Eu uso e gosto muito. Ele faz a simulação de como está o céu em qualquer hora, dia ou lugar do mundo. Mostra a órbita de satélites, planetas, estrelas, informações sobre eles, constelações e nebulosa e etc. É bem legal. Recomendo experimentarem.

Deixe um comentário