Norteando-se: Utilizando uma Bússola


Warning: preg_replace() [function.preg-replace]: Unknown modifier 'f' in /home/tecnoclasta/tecnoclasta.com/wp-content/plugins/jetpack/class.photon.php on line 285

Uma bússola é um pequeno equipamento que utiliza o campo magnético da Terra para identificar a direção Norte.

O princípio de funcionamento é muito simples. Devido as características da crosta terrestre o planeta funciona como um ímã gigantesco, fazendo a agulha imantada da bússola apontar para o norte.

Infelizmente o norte magnético não coincide com o norte geográfico. E mais, a discrepância é variável dependendo do lugar. E não adianta decorar a variação pois ela varia com o tempo.

Assim, mesmo sendo muito precisa para indicar o Norte magnético, a bússola não é precisa para o norte geográfico. As diferenças podem variar até 40 graus em alguns locais. Esta diferença é chamada Declinação Magnética;

Resumindo: Norte Magnético é diferente do Norte Geográfico. Então, a Bússola não aponta para o Norte. Pelo menos o Norte que você está esperando.

Se seus objetivos são astronômicos, para você se orientar em um mapa estelar, vai ser preciso identificar o Norte Geográfico. Orientar-se com uma bússola pode ser desastroso, pois poderá fazer você olhar para o lado errado.

Este guia é para você obter o Norte Geográfico com uma Bússola, e alguns acessos à Internet!

Declinação Magnética

Vamos ver passo a passo aqui:

  • Entre no Google Maps e identifique as coordenadas geográficas do seu local. Minhas coordenadas, por exemplo são: 23.244826 Sul (S) e 45.886556 Oeste (W).
  • Vá ao site do Noaa e descubra qual a sua declinação. Minha declinação é “Declination = 20° 31? W”
  • Use a bússola e faça o ponteiro vermelho apontar para o ângulo da declinação à esquerda do Norte se sua declinação for indicada com W, e a direita do Norte para declinação O. Para colocar o ponteiro nesta posição você tem que girar a bússola devagar e esperar o ponteiro equilibrar. Use o esquema da bússola acima para entender. Ela mostra aproximadamente 20 graus W de declinação.
  • Com a bússola posicionada assim, os pontos cardeais do mostrador estarão apontando para os pontos cardeais Geográficos. Exatamente os ângulos apresentados nos mapas estelares.

É claro, que se você estiver perdido no meio de uma floresta, não dá para fazer a correção da declinação magnética, usando a internet. Porém se está apenas querendo orientar seu telescópio no quintal de casa ou mesmo ensinar sobre declinação magnética para os seus alunos, esta forma é bastante útil. Para quem está perdido e tem um mapa, achei uma explicação bem detalhada de uso de uma bússola para navegação. E para que não tem um mapa também tem como usar a bússola.

Qualquer dúvida pergunte nos comentários deste artigo.

Tags:

Outros Artigos:

39 comentários para “Norteando-se: Utilizando uma Bússola”

  1. [...] Ademais, pra todos os efeitos práticos, na hora de se utilizar um mapa você deverá ajustar o Sul (ou norte, ou leste ou oeste) do mapa com o Sul (ou norte, ou leste ou oeste) geográfico local, que deve ser determinado astronomicamente ou aproximadamente por meio de uma bússola magnética. [...]

  2. lucas disse:

    eu quero saber comoq faz a bussula

    Tecnoclasta responde
    Mais tranquilo é comprar uma pronta em lojas de importados. Encontrei a minha por 10 reais. Devido a dificuldade de fazer a agulha imantada esta é a melhor opção.

  3. MARCOS JUNQUEIRA PEREIRA disse:

    GOSTARIA DE SABER COMO FAÇO PARA OLHAR EM UMA BUSSULA, PARA TER UMA ORIENTAÇÃO QUANDO ESTOU NA RUA DIRIGINDO UM CARRO, PORQUE É A PRIMEIRA VEZ QUE UTILIZO UMA BUSSULA.

  4. Marcos,
    A melhor opção quando se está dirigindo é um co-piloto com um mapa, ou um aparelho de gps. O último dá pra usar sozinho, pelo menos os modelos que vão falando o caminho a seguir.

  5. diego fabiano pompermaier disse:

    nunca usei uma bussola antes,queria informaçoes mais precisas de como usa-la.

  6. Fernando disse:

    Ola.. eu tenho uma bussola de visada e gostaria de saber para que serve a visada ja que a mesma nao veio com manual!

    grato!!

  7. Jose Leonidas disse:

    Olá,
    para fazer uma caminhada longa, tipo cinco ou seis dias, verifico no mapa que existe uma declinação de 20°. É necessário que seja feita a correção? Porque?
    Att.,
    Leonidas

    • José, o artigo que fiz é para uso da bússola em um ponto fixo, basicamente para ajuda a localização dos astros. Quando você se desloca a grandes distâncias como o exemplo que dá, é preciso ter um mapa mais completo com as possíveis declinações diferentes durante todo o trajeto. Assim você vai fazendo a correção em cada ponto do seu caminho.
      Mas não dê me muito ouvido sobre isso pois eu realmente não sei utilizar corretamente a bússola para caminhadas.

  8. Dante disse:

    Saudações, achei este post por mero acaso.
    Como fiz parte de Forças Especiais e o uso da bussola é um dos principios básicos de instrução.
    Respondendo ao Sr. Fernando: “Visada” é uma linha que de alinha com um objecto para o calculo do angulo perante o norte magnético mais conhecido como “azimute”………como fazer isso???? seria preciso mais tempo.
    Como navegar com bussola em termos simplistas: basta manter o mapa sempre orientado e ir rodando na medida em se muda de direcção MAS SEMPRE RODANDO O MAPA……….. mas basta um simples relógio para usar como bussola…………

  9. josiane disse:

    ola com surgio a bussula

    • Fernanda disse:

      A bússola surgiu através da magnetita ( que teve esse nome derivado, em homenagem a cidade da qual foi descoberta: Magnésia)
      Bom, os chineses ao suspender a pedra magnetita, observaram que um lado dela sempre apontava para o norte da Terra. Imediatamente foi utilizada pelos navegantes pra se orientarem por ela, nos mares. Enfim, essa descoberta originou a bússula, que ao invés de colocar a pedra magnetita, é usado uma agulha imantada que recebe as propriedades magnéticas.

      Nanda.

  10. valdir disse:

    para uma orientaçao “correta” a bussola deve estar devidamente
    alinhada á sua mao,nao podendo portar relogios ou estar poximo a objetos q distorcen
    o posicionamento (metais),tendo as cordenadas en maos manter sempre a bussola direcionada com sua seta ao norte verdadeiro.assim fica muito mais facil de se orientar.
    abrç a todos!

  11. Anderson Lauzino disse:

    Bom dia a todos,

    Estou trabalhando hoje com vendas de aquecimento solar para agua e a bússola se tornou minha ferramenta de trabalho. É necessário que eu saiba usar corretamente a mesma para que eu possa dimensionar o equipamento a ser adquirido pelo meu cliente, então gostaria de alguma orientação a respeito do uso da bússola neste caso. O que estou procurando e um manual de uso pratico porém ja vi que deverei estudar um pouco mais por que não é tão simples. O trabalho consiste em localizar o Norte ( ponto norte com maior incidencia solar diaria) e avaliar a posição das placas que serão instaladas no telhado do cliente então, assim conseguir dimensionar com a quantidade exata de placas a serem instaladas no equipamento para compensar alguma perda de luz/calor por desvio do norte..

    Espero ter sido claro e que possam me ajudar. Muito obrigado.

    Anderson Lauzino

  12. bianca . disse:

    ELEGAL OLHAR UMA BUSSOLA

  13. anunimo disse:

    bola de idiotas eso no me sirve para nada
    piensen un pokito io kiero la definicon del norte geografico no esas mierdas

  14. Marcos Valerio Brollo disse:

    Amigo, boa tarde. Sou piloto de ultraleve e meu curso na parte de navegação foi muito ruim, tenho uma duvida e gostaria que voces me ajudassem no seguinte: Quando estou em voo e minha magnética é por exemplo 150 de rumo e outro avião informa que seu rumo é 236 como magnética, como faço para saber que lado ele esta vindo, tem alguma maneira rapida de saber, pois naquele momento o piloto tem que descubrir rapido para começar a tentar visualizar o outro para não dar um acidente. minha bussola é frontal e so indica o rumo que voce esta seguindo, por isso nã da pra ver os outros numeros. Veja se consegue me orientar nisso e ficarei muito agradecido.
    Marcos Brollo

    • Sempre sonhei voar em um ultraleve, mas me faltou coragem! Olha, meus conhecimentos do uso de bússulas estão restritos para observação astronômica para identificação de astros. Não conheço sobre as regras e jargão de navegação, sinto, mas não posso ajudá-lo.

      • Rubens filho disse:

        Sempre o amigo devera levar em consideração os mapas e pontos de referencia de cada um.
        Existem as aerovias, de ida e volta, e cada uma leva em consideração as altitudes de ida e volta; culdado com a perna contra o vento, perna de traveis, perna do vento e a reta final, e …. .

    • Diogo disse:

      A bussula é como m circulo tem 360º, logo o Norte é o ponto 0 ou 360º. Se Norte é 0, o Sul será a 180º. Estes dois são fáceis, agora este e oeste.
      0º Norte
      90º Este
      180º Sul
      270 Oeste

      Se o avião lhe diz que vem por exemplo a 210 o que tem que pensar é o seguinte. 210 é maior ou menor que 180? Como é maior vem algures por Oeste, de seguida pensa é maior ou menor que 270? É menor como tal vem algures entre 180º (sul) e 270º (oeste) o que pode concluir é que vem de sudoeste por isso procure-o.

      Outro exempo o avião vem a 60, vai pensar outra vez, maior ou menor que 180 (sul), resposta menor logo vem por este, de seguida é menor ou maior que 90 (este), resposta menor por isso vem algures por nordeste. Afinal de contas não é muito dificil é só voltar á primeira classe e pensar em maior ou menor.

  15. Paulo Roberto Penachio disse:

    Sempre fui um apaixonado por viajar e especialmente caminhar por lugares ermos de dificil orientação.
    Gostaria de fazer um curso que me proporcionasse aprender a utilzar bussola e GPS com segurança, moro em São Paulo, onde encontro algo legal?
    Obrigado
    Paulo

  16. PAULO disse:

    BOA NOITE, GARIMPANDO NA NET SOBRE BUSSOLA, ACHEI ESTE POST, PARA CALIBRA UMA ANTENA PARABOLICA , A CENTURY TEM UM PROGAMA QUE INFORMA AS CORDENADAS LATITUDE 13.86 S
    LONGITUDE 40.08 W, QUANDO EU COLOCO NO NOAA ESTAS CORDENADAS OS PONTOS CARDEAIS FICA ENCIMA DE MINHA CIDADE DECLINAÇÃO 23º 9 W, COLOQUEI AS CORDENADAS DO GOOGLE EARTH QUE MARQUEI NA RUA QUE MORO LATITUDE 13.51.31.69 (13.51) S LONGITUDE 40.04.33 (40.04) W , NO NOAA, MINHA SURPRESA OS PONTOS CARDEAIS INFORMADO FICOU 50 KM DE DISTANCIA DE MINHA CIDADE COM DECLINAÇÃO 23º 9 W, A GOOGLE ESTAR ERRADA, OS SENHORES TIVEREM ALGUMA SUGESTÃO, GOSATARIA DE SABER, SITE APONTAMENTO DA CENTURY http://www.te1.com.br/2009/11/downloa-software-century/
    ATT PAULO

    • Rubens filho disse:

      Algumas vezes, quando nao atualizados estes dispositivos nos levam ao centro do Municipio.
      po ser este o caso.
      ??????

      • Rubens filho disse:

        E um miléssimo de segundo acarretará em um erro muito grande em relação a distancias como as de Satélites.
        Assim acredito eu.
        Por favovor alguem nos corrija….

    • Rubens filho disse:

      Paulo visualizando no ZENITE ero é ainda maior. de uma olhada.
      astronommia do ZÊNITE; vá até MEU CÉU, e veja voce mesmo as opções de mapas e visualizações.
      Bom dia; e continue GARIMPANDO no : TECNOCLASTA

  17. João Lopes disse:

    Tenho as cordenadas de um local receptor e as cordenadas do local do emissor através do google earth como o mapa apontando para norte fazendo uma linha direcional entre ambos dá um ângulo de abertura norte do google earth 98 graus
    se fizer uma bitola com esse ângulo e por uma bússula apontado o norte terei de entrar com a declinação magnética para achar a direcção real entre o receptore e o emissor?

    • Bom dia João Lopes,
      Se a bitola com este ângulo usar como referência o Google Earth, ele apontará diretamente para o pólo norte real sem necessidade da bússola e da declinação magnética.
      Porém você poderá testar se o método que eu apresentei aqui, da bússola + declinação magnética funciona corretamente… Poderia postar aqui no blog se conseguiu?

  18. LEOPOLDO NELSON SANTANA FERREIRA disse:

    pressiso de um curso basico e bem esplicativo de uso de bussola sera que voces podem me informar

  19. joao eudes disse:

    como os antigos navegavam usando a bússola e não se perdiam?

  20. [...] Ademais, pra todos os efeitos práticos, na hora de se utilizar um mapa você deverá ajustar o Sul (ou norte, ou leste ou oeste) do mapa com o Sul (ou norte, ou leste ou oeste) geográfico local, que deve ser determinado astronomicamente ou aproximadamente por meio de uma bússola magnética. [...]

  21. nils disse:

    É um comentario bem inocente e foi o q aprendi nos escoteiros: no mato aponte c/esquerda pro nascente(este,)direita(oeste)frente (sul) e no chão desenhe uma rosa dos ventos…!!!

  22. Renan Augusto disse:

    Olá, estudo astrofísica na Universidade Federal do Rio de Janeiro, e observando os posts, achei nescessário ressaltar:

    O professor Luís Eduardo está absolutamente correto em relação ao artigo, mas temos q levar em consideração alguns fatores ao utilizar bússolas.

    1 – existem diferentes pontos na terra com variações eletromagnéticas que interferem de modo significante no funcionamento das bússolas, então, para os observadores e aventureiros, procurem se situar e ter aparato de equipamento e uma boa fonte de pesquisas e dados para não se perderem ou coletarem informações errônias.

    2 – jamais utilizem o método da catálise para improvisar bússolas, a água interfere nas propriedades magnéticas dos instrumentos e em alguns casos conseguem inverter a polaridade magnética através da maior adicção de íons positivos.

    3 – existe um fenômeno chamado Vórtex Mágnético, consiste num fluxo életromagnético/magnético que age sobre os instrumentos eletrônicos ou que possuam propriedades magnéticas, sua principal carecterística é uma propagação circular semelhante aos movimentos dos elétrons num átomo, quando qualquer instrumento é exposto á esse vortex ele tende a demonstrar total mal funcionamento, geralmente as agulhas de bússolas começam a girar sem parar não apontando coordenada alguma, equipamentos eletrônicos entram em pâni total e etc… é um fenômeno perigoso que é muito observado no triângulo das bermudas, na ilha de bimini, mas existem em vários outros lugares da Terra.

    espero dentro dessa minha “viagem” kkkkkkk ter ajudado e alguma forma =D
    abraços

  23. Reginaldo Farias disse:

    Gostei muito da matéria, trabalho muito com coordenadas pois minha área é telecom…………parabens

  24. Luuh disse:

    Oiii! Obrigado, me ajudou muito, mas coloca imagens menores, tá? Valeu!!

Deixe um comentário